Era uma vez uma princesa. Bonita e mimada, como devem ser as princesas. Corria as escadas do castelo com a alegria inocente que se vê em bichos e crianças. Criança ela era. Vivia em meio a histórias, rocas, fadas-madrinhas, e bobos. E era feliz. Até que um dia a princesa, crescendo, percebeu que havia algo […]

Le vent fera craquer les branches, la brume viendra dans sa robe blanch Il y aura de feuilles partout couchées sur des cailloux Octobre tiendra sa revanche” (Francis Cabrel) O vento soprou mais forte. Ela foi à janela e a fechou pouco antes do começo da chuva. O relógio marcava cinco horas. Deu início ao […]

Little boxes on the hillside, Little boxes made of ticky-tacky. Little boxes, little boxes, Little boxes, all the same. (Malvina Reynolds) “Otávio, Talvez você estranhe a minha ausência esta manhã. Não, eu não estou no spa ou na academia. É Otávio, eu te deixei. Por que? Difícil explicar, muito a dizer. E eu sei que […]

A Vila do Cruzeiro acordou em chamas. O bochicho corria. -       Sabe o Erasmo Almeida? -       O evangélico? -       O próprio! Estão dizendo que largou a mulher. -       Mas como? Família feliz, cristã, tementes a Deus! -       Pois é. E você nem sabe…. Os Almeida eram moradores antigos na vila. Ocupavam três casas geminadas: na […]

Fim de turno, 18ª DP.  Os detetives fingiram não prestar atenção na loura que conversava com o escrevente do outro lado do vidro. Entrara chorando há uns 10 minutos. 1.70, pernas longas, impossível não notar. O escrevente abriu a porta. Apontou para a loura. “A irmã da moça sumiu. Dois dias sem dar notícias”. Miguez […]

  Era chegada aquela época do ano a que todas as crianças anseiam: as férias escolares. Dizer adeus aos coleguinhas e especialmente aos professores, encostar as mochilas, dormir tarde e acordar ainda mais tarde. Enfim, viver como se não houvesse amanhã. Todavia, todo ano, após alguns poucos dias de ócio, recebíamos, meus primos  e eu […]